quinta-feira, 23 de abril de 2009

BUTIÁ


Parque Nacional El Palmar butia yatayey
Butiá Capitata
Butia paraguayensis
Butia eriosphata - Curitibanos - SC - Br foto de Anestor Mezzomo



"Minha terra tem palmeiras, onde canta o sabiá", escreveu o poeta Gonçalves Dias.
O Brasil era conhecido como Pindorama, 'terra onde florescem as palmeiras'

Butiá é uma Palmeira

Apesar de encontrarmos no RECREIO DO BUTIÁ , como planta nativa a Palmeira Jerivá,
Syagrus romanzoffiana, que também é uma bela palmeira ,
Afinal quem não gosta de Palmeiras , elas transmitem tranqüilidade e a encontramos quase em todos os lugares , muito usada em praças , jardins , alem da beleza das inflorescência (flores) e beleza de suas folhas e principalmente se seus coquinhos amarelos apreciados pelos animais e a principalmente a molecada.
O Jerivá é uma das poucas palmeiras que possuem maior sucesso nos transplantes , mesmo adulta Ela chega a quinze metros de altura
Seu florescimento é de setembro a março e os seus frutos de fevereiro a agosto

Mas vamos falar do Butiá

Entre as espécies a descrição de algumas delas:
Butia yatay , (veja as imagens ), nativa da região sul do Brasil , atinge oito metros de altura e 40cm de diâmetro
Butia eriospatha , nativa da região sul do Brasil, com altura de 5 metros e até 50 cm de diâmetro., resistente a geada
Butia capitata , planta nativa da Bahia, Goiás e Minas Gerais., altura de quatro metros e existe uma variedade anã

Os Butiás levam de sete a dez anos para frutificarem portanto quem tem pretende saborear seus frutos é bom se apressar em plantar .

No Blog da Neide Rigo tem uma melhor descrição sobre os Butiás e as diversas formas de se fazer doces , sorvetes, sagus etc..


Vale a pena uma visita (copie e cole)

http://come-se.blogspot.com/2009/01/resposta-charada-ou-tempo-de-buti-ou.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

obrigado por deixar seu comentario ,por favor deixe seu nome e e-mail

Postar um comentário